• Reserva técnica da Fundação Iberê Camargo.

    Ao longo dos mais de 50 anos que passou ao lado de Iberê, Maria Coussirat Camargo acumulou e guardou, cuidadosamente, uma série de documentos e um volume expressivo de obras do artista. A coleção formada por ela foi doada integralmente para dar início ao projeto da Fundação Iberê Camargo e hoje constitui o seu acervo, que está dividido em dois núcleos.

    O núcleo de obras de arte abriga a coleção Maria Coussirat Camargo e é composto por mais de cinco mil obras, entre pinturas, gravuras, guaches, desenhos e estudos de Iberê Camargo. A parte documental inclui mais de vinte mil itens, como catálogos, recortes de jornais e revistas, correspondências, cadernos de notas e fotografias relacionadas à vida e obra do artista.

    Os documentos e obras que compõem este importante patrimônio artístico e cultural brasileiro alimentam constantemente publicações, pesquisas e curadorias de âmbito nacional e internacional, e estão disponíveis para estudos sobre a vida e a obra de Iberê Camargo. E foi com o objetivo de oferecer a estudantes, pesquisadores, professores, colecionadores e comunidade em geral um amplo acesso às obras, fotografias e documentos de Iberê Camargo, que a Fundação Iberê Camargo criou o Acervo Digital.

    Imagens em alta resolução, fichas técnicas, históricos e informações relacionadas a cada uma das obras da coleção estão, agora, disponíveis para consulta gratuita.